Cinco filmes produzidos em Santa Catarina foram selecionados para circular na Rede Sesc de Cinema em 2015, projeto de difusão e valorização da produção cinematográfica catarinense e do Sul do país: o longa-metragem documentário “Brasil Orgânico”, de Kátia Klock e Lícia Brancher; os curtas-metragens “Versos da Ilha”, de Daniel Choma; “Dona Bilica – Naquele Tempo”, de Renato Turnes; “Beijos de Arame Farpado”, de Marco Martins; e o curta infantil “Taí ó, uma aventura na Lagoa”, de Mauricio Venturi (foto).

Beijos de Arame Farpado, curta de Marco Martins

Pelo segundo ano consecutivo, a iniciativa seleciona audiovisuais produzidos na região Sul e promove a circulação através de exibições gratuitas em mais de 30 cidades do Estado. Estão previstas a realização de Mostras e aproximadamente 460 sessões de cinema, dentro da programação cultural das unidades do Sesc, também em escolas e centros comunitários. Foram adquiridos os direitos de exibição das obras pelo período de dois anos.